domingo, 10 de maio de 2015

A Caminhada Inteligente!



Caminhada+ao+ar+livre 
O tema deste post é um pouco diferente do habitual. Direciona-se fundamentalmente às mulheres e também aos homens (porque não?) com idade posterior ou próxima dos 40 anos. Ao chegar a esta idade, se não tivermos cuidado antes e se não nos cuidarmos com um pouco mais de atenção, se não soubermos prosseguir com nossa Caminhada de forma inteligente, pode ser um problema! Acreditem que sim! A rotina diária a que somos sujeitos por vezes leva-nos a esquecer de prestar atenção ao nosso corpo. Esquecemo-nos de fazer exercício físico e de prestar a devida atenção à nossa alimentação, fatores essenciais para preservarmos a saúde do coração, da mente e a forma física.

Nos últimos meses alterei a minha rotina, os meus hábitos no que respeita a exercício físico e alimentação. Não, não... Quem pensou que estou a fazer dieta para emagrecer enganou-se. Meço 1,60m e peso 56 Kg.

Estas mudanças estão a trazer benefícios para a minha vida, para a minha Caminhada. Pensei em partilhar esta experiência aqui no blog, não com o objetivo de ensinar seja o que for, pretendo apenas partilhar esta nova fase da minha vida e lembrar que por vezes, sem sentirmos, sem nos apercebermos, esquecemo-nos do nosso corpo, esquecemo-nos de reservar uns minutinhos de cada dia para nos mimarmos. Cuidar do nosso corpo é essencial para uma vida saudável e feliz!

Caminhar ao ar livre foi a minha opção para exercício físico, é uma boa alternativa à corrida, tem menos impacto e reduz o risco problemas cardíacos e de lesões, principalmente na zona dos joelhos. Cada caminhada é uma nova aventura, uma possibilidade de respirar o ar puro do mar ou do campo e liberta a mente.

Habitualmente caminho junto ao mar, durante cerca de 45 a 50 minutos. Comecei calmamente, 3 vezes por semana. Fui aumentando o ritmo da passada de forma gradual e agora, sempre que posso vou 4 ou 5 vezes por semana. Gosto de ouvir o mar, de sentir o cheiro a maresia. Antes de começar tive o aval e a orientação do meu médico. Sinto-me tão bem! Levo calçado e roupa confortável, uma garrafa de água para garantir uma boa hidratação e uma alegria imensa! E os benefícios são tantos, ora vejam:

  • Reduz a taxa de mau colesterol e os níveis de glicose,  as atividades do pâncreas e do fígado são estimuladas
  • Combate a osteoporose. O impacto dos pés no chão durante a caminhada faz com que os ossos existam mais estímulos elétricos que facilitam a absorção de cálcio do sangue para os ossos, tornando-os mais resistentes
  • Fortalece os músculos e contribui para uma postura melhor
  • Melhora a circulação do sangue, na medida em que contribui para o controlo da hipertensão arterial e também para diminuição do risco de aparecimento de varizes
  • Melhora o condicionamento físico e estimula os pulmões
  • Ajuda a emagrecer, a reduzir a gordura localizada que quando se instala não tem piada nenhuma!
  • E melhora o humor, a auto estima, a saúde mental e certamente muitos outros benefícios!

Deixo aqui o 1º desafio para uma Caminhada Inteligente: escolham uma atividade física do vosso agrado, façam só aquilo que gostam que se adapte bem às vossas condições físicas e saúde e comecem já o combate ao sedentarismo! Comecem hoje mesmo a vossa Caminhada Inteligente! Ou já a começaram há muito?

Para depois da caminhada lembro uma receita saudáve q.b. que publiquei já há uns tempos e que é uma delícia!

     http://iguariadesigual.blogspot.pt/2014/08/pudim-yorkshire-com-salmao-fumado.html

Pudim+YorkShire+Com+Salmão+Fumado
Voltarei em breve para nova partilha!
Bom apetite!

7 comentários:

  1. Comecei a caminhar á uns três anos atras quando trabalhava em part time só trabalhava de tarde e de manhã caminhava, agora que estou desempregada continuo a fazer o mesmo.
    Não faço para emagrecer pois felizmente não preciso mas porque adoro, saio de casa ás 8 da manhã vou até á praia caminho na areia outro vezes corro e volto para casa , chego por volta das 9:15 .
    Faço-a de segunda a sexta só não se chover muito, sinto como um vicio se não vou sinto falta.
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade São, é viciante. Eu vou ao fim do dia e, tal como tu, só não vou se chover mesmo muito. Sabe bem sentir uns pinguinhos da chuva, até dá para refrescar!
      Bjs
      Vanda

      Eliminar
  2. Querida amiga, saudades dos eu cantinho, antes de qualquer coisa gostei demais da sua receita do post anterior, adoro chili e suas almondegas com chili ficaram fantásticas. Preciso provar as malaguetas grelhadas, gosto de provar algo que nunca fiz. Agora vamos falar desse post de hoje que achei excelente. De fato depois dos 40 ou mesmo um pouco antes disso, devemos nos precaver. Adoro caminhar, e adoraria caminhar assim como vc pertinho do mar. Mas como perto de casa não há mar, caminho pelos campos, sentindo o ar gostoso das arvores e o canto dos pássaros. Um ocasião meu médico disse que a melhor opção para se combater a osteoporose, melhorar a circulação,e afastar a depressão é a caminhada, principalmente se for ao ar livre. Gosto demais e só vejo benefícios. Beijinhos, ótima semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida amiga, obrigada pelo carinho da sua mensagem. Caminhar pelos campos, em contacto com a natureza é maravilhoso! Faz bem a tudo! Caminho para prevenir a osteoporose e combater o sedentarismo, pois levo o dia inteiro sentada em frente ao computador. Estou a adorar descobrir que muita gente que sente o mesmo entusiasmo que sinto em relação à caminhada!
      Um beijo muito grande.
      Vanda

      Eliminar
  3. Adorava conseguir caminhar 30 minutos todos os dias à beira mar mas fica longe e como não conduzo...
    Por norma ando um dia 30 minutos no outro ando 1 hora (repartido 30 mais 30) por falta de tempo... Eu ao contrario de ti comecei esta "caminhada" em finais de 2010 para emagrecer e ganhar saúde. Já muito foi conquistado mas ainda muito tem de ser conquistado.
    Gostei da tua sugestão gastronómica.

    Beijinhos,
    Clarinha

    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/05/arroz-xau-xau-de-feijao-frade.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Clarinha, caminhar é bom quer estejamos perto ou longe do mar. Fico muito feliz pelas tuas conquistas. É bom receber o fruto do trabalho realizado, não é?
      O local onde caminho por vezes é muito concorrido ao fim do dia. O pior são os cliclistas que apesar de ser proibido circularem no local àquelas horas, não respeitam a proibição. Ontem um deles chocou contra mim. Fiquei com uma perna ferida e tenho uma nódoa negra enorme.
      Enfim, é só um desabafo pois não vai ser este incidente que me vai desencorajar :)
      Um beijo muito grande.
      Vanda

      Eliminar
  4. Vandinha,

    Sou um pouco indisciplinada no que a exercicio fisico diz respeito, começo com muito entusiasmo e depois ele abranda...
    Não sei explicar, talvez porque a motivação se esvai...
    Por isso tenho feito bastantes actividades, mas confesso que não me mantenho nelas muito tempo e a caminhada é uma delas.
    Por vezes coloco outras coisas, que entendo serem prioritárias, à frente e começo a não ir um dia, outro dia, até que acabo por deixar de ir.
    A actividade na qual permaneci mais tempo foram as danças de salão, porque adoro de facto dançar, mas por agora estou a fazer pilates por causa de problemas que tenho na coluna.
    Vamos ver até quando... :)
    Gostei muito de te ler e ver o teu entusiasmo, caminhar junto ao mar é de facto um luxo, que infelizmente para mim, fica longe.
    Força ! :)

    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar


Obrigada pela visita e por deixar o seu comentário!