domingo, 30 de outubro de 2016

Tapa de Abacate com Gambas


Tapa+de+Abacate+com+Gambas

Tenho o hábito de tentar reproduzir tanto quanto possível as receitas que como fora de casa e que me agradaram de algum modo especial. A sugestão que lhes trago hoje é um desses casos.
Baseei-me na receita de Cocktail de Camarão e Abacate do Chef Henrique Sá Pessoa e adaptei-a para a aproximar da entrada que comi no restaurante Noélia e Jerónimo
O resultado? Aprovado é claro!
 
Tapa+de+Abacate+com+Gambas

Ingredientes
1 Abacate
6 Gambas grandes (1 gamba por tapa)
1 Limão
6 Fatias pequenas de pão alentejano
Maionese e ketchup q.b.
Folhas de coentros q.b.
Azeite q.b.
Sal e pimenta q.b.
Tapa+de+Abacate+com+Gambas

Modo de preparação
Coza as gambas num tacho com água a ferver.
Retire-as e coloque-as  numa taça com água com gelo, uma pitada de sal e um limão cortado em quartos.
Prepare a maionese de acordo com esta receita ou utilize maionese de compra.
Corte o pão alentejano em fatias finase disponha-as num tabuleiro untado com um fio de azeite. Regue as fatias de pão com mais um pouco de azeitr e leve ao forno a 200º durante cerca de 5 minutos.
Descasque o abacate e desfaça-o com o auxílio de um garfo, reservando algumas fatias finamente cortadas. (tenha em atenção a rápida oxidação do abacate).
Misture um pouco de maionese, a gosto, à polpa de abacate e tempere com sal, pimenta e um pouco de sumo de limão.
Misture um pouco de maionese com ketchup.
Para montar a tapa coloque um pouco de abacate laminado sobre cada fatia de pão, coloque depois  maionese com a polpa de abacate e uma gamba. Por cima de cada gamba disponha um pouco de maionese com kecthup e polvilhe com folhas de coentros picadas.
Bom apetite!

Tempo de preparação: 30 minutos; Dificuldade:*; Vegetariano: Não; Apto para crianças: Não; Ingrediente principal: Gambas, abacate; N.º de porções: 3; Prato: Entrada

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Noélia e Jerónimo - uma experiência a repetir!



Olá! Está por aí alguém?
Espero que ainda se lembrem de mim! Posso garantir-lhes que a cozinha cá de casa continua ativa e com bons resultados e que o arquivo de receitas que estão em lista de espera para serem publicadas é cada vez maior. Aos poucos, hão-de cá vir parar! Nada está perdido( rsrsrsrs)!

Bem, vamos lá ao que interessa! Não costumo divulgar os restaurantes onde costumo comer, mas ultimamente tenho sido agradavelmente surpreendida pelas escolhas que tenho feito e hoje decidi partilhar uma dessas experiências.

A primeira vez que ouvi falar no restaurante Noélia e Jerónino foi em conversa com uns colegas que não se cansaram de lhe tecer elogios. “Tens de lá ir, é imperdível, eu vou lá todos ao anos, os pratos são divinais, as filas de espera são enormes tens de chegar bem cedo...”

Este ano lá me decidi, aproveitei as férias e dei lá um pulinho para experimentar o tão elogiado restaurante.

O Noélia e Jerónimo situa-se em Cabanas de Tavira, que se localiza no concelho de Tavira, na Marginal próximo do cais de embarque e desembarque dos barcos que fazem a travessia da Ria Formosa e leva os visitantes para a Praia da Ilha de Cabanas, uma verdadeira praia de sonho com um simpático areal de apenas setenta metros de largura e sete quilómetros de comprimento.






Não foi possível marcar mesa pois este é um restaurante muito concorrido e as reservas estavam mais do que esgotadas. Assim, tentámos a nossa sorte já que as mesas da explanada juntamente com 2 ou 3 no interior do restaurante são destinadas aos comensais que chegarem sem reserva. Assim, chegámos pouco depois das 19 horas e lá conseguimos arranjar uma mesa para 4 no interior do restaurante. Devo dizer que fomos atendidos com muita simpatia e profissionalismo.

A cozinha é de grande qualidade e inclui essencialmente pratos de peixe e marisco cuja frescura é um dos pontos fortes a assinalar. Os pratos são originais e os que testámos resultaram em ótimas combinações. A carta de vinhos possibilita um bom acompanhamento das iguarias que nos apresentam, com preços acessíveis.

Iniciámos com  Tapas de Abacate com Gambas e Tapas de Muxama de Atum, ambas aprovadíssimas.

De seguida vieram uns Biqueirões com umas divinais Migas de Tomate, tudo bem confecionado e muito bom gosto.



Provámos ainda as Pataniscas de Polvo com Arroz de Coentros, para mim o melhor e o mais especial dos pratos. O polvo estava super tenro, as pataniscas muito saborosas, bem apaladadas deixando perceber o paladar dos vários ingredientes. O arroz de coentros era divinal.


Os filetes de Peixe Galo com Arroz de Coentros também obtiveram a aprovação das nossas papilas gustativas. Para finalizar este desfile chegou a Açorda de Ameijoas, que apesar de estar saborosa podia podia ter sido apresentada com mais ameijoas e um pouco menos de coentros.


Depois deste banquete ainda arranjámos espaço para a sobremesa, uma Mousse de Lima que cumpriu o seu dever e fechou o evento em beleza.

Muitos pratos ficaram por testar. As iguarias que aqui destaco são a Tapa de Abacate com Gambas que é fabulosa, as Pataniscas de Polvo com o inesquecível Arroz de Coentros e a Mouse de Lima que fez as nossas delícias. Sem dúvida que é uma experiência para repetir!
Até breve!